Perfil: Papo com a DJ Juicy M!

By on 27/07/2016

Conheça mais sobre a polivalente Juicy M!

juicy-m

 

Marta Martus, modelo, DJ, produtora… A polivalente e linda Juicy M é uma DJ ucraniana que tem feito sucesso na internet. Despontou para os quatro cantos do mundo por seus vídeos onde impressiona mixando com várias controladoras ao mesmo tempo, virando um fenômeno do YouTube com seus “mixes múltiplos sem headphone” (veja aqui).

A DJ de 25 anos natural da capital da Ucrânia, Kiev, começou a carreira como DJ de Hip Hop e R&B, mas foi no Eletro e Progressive House que fez sua fama e acumula passagens por diversos festivais e países em suportes de grandes DJs como Tiesto, Afrojack e Above & Beyond, inclusive com passagens pelo país canarinho.
Confira o bate-papo que fizemos com Juicy M!

 

Juicy M fez sucesso com vídeos mixando em múltiplas CDJs no YouTube.

 

Como sua vida como DJ começou?

Eu sempre quis ser DJ, então entrei para uma escola de DJ na minha cidade natal, Kiev. Depois de meses de prática e estudo, consegui meu primeiro trabalho.

De onde veio o nome artístico “Juicy M”?

Ah, é uma história engraçada. Meu primeiro nome artístico era DJ Marta, mas quando eu tive minha primeira gig internacional na Alemanha, um produtor me chamou e disse “Eu não posso usar esse nome (DJ Marta) aqui na Alemanha, então preciso de outro nome agora pra começarmos a promover.” Então eu tinha 30 segundos pra criar meu novo nome, e Juicy M foi a primeira ideia!

Qual a melhor e a pior parte da vida como DJ?

Viajar e conhecer diversas pessoas interessantes ao redor do mundo, certamente é a melhor parte. A pior parte são os voos demorados e a distância da família.

Se tivesse que escolher uma “música favorita de todos os tempos”, qual seria?

KiD CuDi – Pursuit Of Happiness (Steve Aoki Remix)

Qual sua maior inspiração?

Meus fãs são minhas maiores inspirações.

Qual foi o primeiro evento que você tocou e como se sentiu?

Foi em 2007, no Orangerea Supper Club, em Kiev, um dos lugares mais legais na época e eu estava tão nervosa! Minhas mãos tremiam, maldição! Eu gostaria de voltar no tempo pra me assistir tocando lá!

Qual foi o seu show favorito como DJ? E como fã, algum show memorável?

Todo show é especial pra mim, mas o mais memorável foi nas Midnight Parties da Espanha, especialmente na Color Parties, onde foi a primeira vez que eu pulei no meio da galera, uma loucura!
Agora como fã, foi na H20 Festival, na África do Sul em 2012. Eu era DJ de hip hop naqueles tempos, e toquei num palco alternativo e pequeno naquele festival. Terminando meu set fui para o mainstage, onde Afrojack tocava e decidi – é lá que eu quero estar!

Quem está comandando as melhores festas na atualidade?

Dimitri Vegas & Like Mike!

Quando toda a festa acaba, como você gosta de relaxar?

Silêncio, banheira e muitas velas.

Como você vê a cena no momento?

Eu vejo que nesse momento temos uma espécie de transição, todos procuram por algo novo. É muito bom e desafiador quando um novo gênero musical e novos nomes surgem para o mundo.

Qual a coisa mais engraçada que aconteceu com você durante um show?

Acho que o momento mais engraçado foi quando eu caí do palco a uns anos atrás, ainda me lembro! Também há alguns dias o gatilho do meu jato de CO2 quebrou e não parava de soltar gás! Ninguém conseguiu me ajudar com isso, então eu tive que tocar o set com uma mão enquanto jogava gás com a outra.

Qual a track que você produziu que você tem como favorita?

É sempre minha próxima track!

Alguém que você gostaria de fazer uma collab?

Eu adoraria uma collab com Ummet Ozcan ou Martin Garrix!

Como você vê sua label (JUMMP Records) daqui alguns anos?

Eu tenho grandes planos pra label agora que assinamos um contrato com a Armada Music, vai nos dar muitas oportunidades e visibilidade!

Qual parte do processo da produção você acha mais desafiadora?

Pra mim é a mixagem, como estou trabalhando o tempo todo e basicamente não tenho um estúdio próprio pra mixar e masterizar. Mixar é algo que você nunca vai ser tão bom, você precisa sempre se trancar num estúdio por semanas e aprender muita coisa! E isso é um desafio gigante no momento!

Alguma mensagem pra quem está começando?

Acredite em você mesmo!

Se pudesse tocar em qualquer lugar no mundo, onde seria?

Tomorrowland, Boom, Bélgica.

Que projetos você tem hoje e o que podemos esperar para 2016?

Eu estou com uma série de produções, uma série de tracks vão sair e espero que vocês gostem!

Tem algo a dizer para seus fãs brasileiros?

Obrigado por seu carinho e seu apoio!

 

Siga Juicy M no Facebook

Siga DJ News no Facebook

 

For english version, click HERE.

Repost da Entrevista com Juicy M de Outubro/2015.

 

 

 

Gregory Silva

About Gregory Silva

22. Manézinho da Ilha radicado na selva de pedra paulistana, apaixonado por música eletrônica, vivendo a procura do drop perfeito!