Pesquisar
Close this search box.

Flying Circus estreia no Brasil com DJs Audiofly, Laolu e Sébastien Léger

 A festa será no dia 4 de novembro, na Praça das Artes em São Paulo; o evento será um encontro entre música eletrônica, exposições artísticas, ilusão da arte circense e até uma tenda mística com leitura de mão e tarô 

Em parceria com a produtora Radix, a Flying Circus aterrissa no Brasil e escolhe São Paulo para sua estreia no dia 4 de novembro, na Praça das Artes, com os DJs internacionais Audiofly, Laolu e Sébastien Léger. A festa será um encontro entre música eletrônica, exposições artísticas, toda a ilusão da arte circense e até uma tenda mística.

Além do line potente, a comemoração também terá atrações nacionais que devem ser anunciadas em breve. A confluência entre arte, música e ilusionismo será mostrada em apresentações de dança e contorcionismo. Performances com tecidos acrobáticos e lira também estão programadas. Um espaço será reservado para profissionais em leitura de mãos e tarô atenderem interessados, e um outro, para artistas independentes exporem suas obras.

Quanto aos destaques do line, o duo radicado em Ibiza, Audiofly, formado pelos produtores Anthony Middleton e Luca Saporito, celebra 23 anos de parceria criativa com um som melódico e equilibrado. Com apresentações em clubes ao redor do mundo todo, os DJs contam com selos de sucesso como Supernature, Maison D’Etre e a aclamada marca Flying Circus.

DJ Laolu – Flying Circus em São Paulo

Laolu se destaca por seu som sofisticado, entre o techno e house, que ao mesmo tempo lhe permite balançar o humor da pista e combinar com a atmosfera febril de qualquer clube. Como DJ, ele construiu uma sólida reputação em Genebra, mas também tocou em várias cidades da Europa como Berlim, Paris, Cracóvia e Tbilisi. Laolu foi lançado no Innervisions 2015, seu remix de Too Much Information de Dele Sosimi alcançou o topo das paradas musicais e se tornou a faixa favorita do ano de Dixon e Âme. Ele já produziu músicas para gravadoras como Innervisions, Freude Am Tanzen, Defected Clap Your Hands, Mental Groove, Fenou, Baobab Music, Jalapeno Records e Soundway Records. Um ano antes, havia escrito e produzido  Sene Kela para um álbum de Raoul K.

Com uma carreira artística de pelo menos 20 anos, Sébastien Léger é um DJ e produtor musical francês que possui grande legado na cena da música eletrônica. No ano passado, saiu seu álbum Feel EP, com as faixas Feel, Lava, Son of Sun, através do All Day I Dream.

Com selos próprios Lost Miracle, Mistake Music, Rising Music, Sébastien Léger coleciona feitos históricos, como por exemplo tocar nas Pirâmides de Gizé, no Egito, onde apresentou, com exclusividade, a sua música Giza, composta especialmente para a ocasião e lançada pela Cercle Records.

Sébastien Léger – Flying Circus em São Paulo

São esperadas cerca de 2 mil pessoas para curtir a programação composta por nomes de destaque na cena da música eletrônica. Os ingressos podem ser adquiridos a partir de R$125,00  1º lote, na plataforma da Ingresse.

Flying Circus 

Depois de passar por Tulum (México), Saint Martin (Caribe), Punta Cana (Rep. Dominicana), Miami (EUA), Los Angeles (EUA), Nova York (EUA), Ibiza (Espanha), Barcelona (Espanha), Tel Aviv (Israel), Bodrum (Turquia), Moscou (Rússia), Dubai (Emirados Árabes) e muitas outras cidades, a Flying Circus escolheu a Praça das Artes, em São Paulo, para sediar a festa no Brasil. O lugar foi selecionado por ser um complexo cultural que promove apresentações e exposições ligadas à música, dança, teatro e artes plásticas. As tendas de circo serão montadas no centro da cidade, de forma a promover um choque de música e arte que promete ser histórico.

Sobre a Radix

Com uma audiência total de mais de 150 mil pessoas, a produtora Radix é especialista em eventos de música eletrônica. Responsável por grandes produções como o Apenkooi, festival de música eletrônica open air, o D.Side, label de e-music lançado pelo club D-Edge, a Raio, também label de e-music e as edições do DGTL de 2017 a 2020 no Brasil. Fundada em 2019 por Thiago Lobo e Alexandre Pansera, Radix significa Raiz em latim, ou seja, a base de tudo, que absorve e conduz as energias.

Artistas que trabalharam com a Radix:

Âme [dj], Apparat, Recondite [live], Mind Against, Patrice Bäumel, Carl Craig, Derrick May, Speedy J, Vril [live], Zopelar [live], Ryan Eliott, Tama Sumo, Lakuti, Teto Preto [live], Vermelho, Adriatique, Ben Klock, Daniel Avery, Rødhåd, Dixon, Dax J, DVS1, Gerd Janson, Henrik Schwarz [live], Honey Dijon, Job Jobse, Len Faki, Prins Thomas, Red Axes, Âme [live], Amelie Lens, Bonobo [dj], Fort Romeau, Jeff Mills, Richie Hawtin, KINK [live], Marcel Dettmann, Paula Temple, Roman Flügel, Spencer Parker, Jamie Jones, Tapesh, Dale Howard, Prunk, Troy Pierce, Miss Kittin, Ellen Allien, The Martinez Brothers, Agoria, M.A.N.D.Y, Davide Squillace, Dubfire, Pan-Pot, Charlotte De Witte, Matrixxman, Jonas Kopp, Daria Kolosova, VTSS, Rebekah, Anthony Parasole, DJ Hell, Lady Starlight, Tijana T, Raxon, Maceo Plex, Sebastien Leger, Audiofly, Laolu.

SERVIÇO:
Flying Circus 

Data dos shows: 4 de novembro de 2022
Horário: Das 22h até 08h
Local: Praça das Artes, São Paulo – SP
Programação e atrações: Clique aqui para ver fotos dos artistas
Hashtags: #FlyingCircusSaoPaulo
Instagram: @flyingcircus_saopaulo

Venda de ingressos no link aqui

 

Share the Post:

Related Posts