Pesquisar
Close this search box.

New Dance Order chega ao The Town

New Dance Order chega com nova estética eletrônica na Cidade da Música e festival confirma novas atrações para o Skyline

Novos anúncios contam com Queens Of The Stone Age e Pitty no dia 9 de setembro, fechando assim o line-up desse dia no Skyline. No New Dance Order, Badsista, Inner Citty Live e Kerri Chandler Live são alguns dos diversos destaques do palco onde OSGEMEOS também farão uma apresentação inédita

The Town segue trazendo todas as novidades para a sua primeira edição criando ainda mais expectativa no público. O New Dance Order chega ainda mais potente em São Paulo, com uma nova estética musical, promovendo encontros inéditos e exclusivos para o festival, performances de DJs, bandas e artistas, além de fazer uma imersão nas festas independentes da capital que representam o zeitgeist paulistano. Artistas como Badsista, cantoras como Marina Lima e Julia Mestre (Bala Desejo) ou bandas como Inner City Live, Paul Kalkbrenner Live, Vitalic, Lion Babe, Kerri Chandler Live, além de um show inédito e imersivo de OSGEMEOS, são alguns dos destaques. Já para o Skyline, o festival anuncia que já está com o line-up completo do dia 9 de setembro com mais duas atrações: Queens of The Stone Age e Pitty, que se juntam aos já confirmados Foo Fighters e Garbage.

Liderada por Josh Hommes e considerada uma das principais bandas de rock da história, o Queens Of The Stone Age fará um show memorável e levará o público da Cidade da Música ao delírio com os sucessos do álbum que marcou uma nova era do rock: Songs For The Deaf. A banda foi a grande responsável por popularizar um estilo de rock pouco difundido até o começo dos anos 2000 e em seu percurso já acumula 16 indicações ao Grammy Awards e grandes clássicos como “No One Knows”, “Go With The Flow”, “Make It Wit Chu”, “I Sat By The Ocean”, entre outros.

Com mais de 20 anos de carreira, Pitty é uma das principais representantes do rock no Brasil. Cantora, compositora, produtora e apresentadora, a inquieta e plural artista utiliza múltiplas plataformas para a produção e a divulgação de seu trabalho. Pitty começou no rock alternativo de Salvador e segue caminhando não só por sonoridades diversas como plataformas. Indicada quatro vezes ao Grammy Latino, Pitty já levou sete Prêmios Multishow de Música Brasileira e é a maior vencedora de VMBs na história da MTV Brasil. Engajada em causas feministas e LGBTQI+, a cantora já se apresentou e foi premiada 3 vezes no WME – Women’s Music Awards. Para o The Town, além dos já conhecidos hits “Me adora”, “Na sua estante”, “Equalize”, “Teto de Vidro”, entre diversos outros, ela surpreenderá o público ao lado de uma orquestra para cantar artistas que influenciaram sua carreira, como Rita Lee e Janes Joplin, por exemplo. Este show inédito, um The Town Originals, vai abrir o Skyline no dia 9 de setembro e dará o tom de tudo o que este dia promete na Cidade da Música.

The Town acontece no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 2, 3, 7, 9 e 10 de setembro de 2023 e tem a venda de ingressos marcada para o dia 18 de abril, às 19h, somente no site da Ticketmaster.

New Dance Order promove encontros inéditos e exclusivos, performances de DJs, bandas e artistas

Em total sintonia com a atmosfera da multiculturalidade de São Paulo, o The Town traz uma nova narrativa para o New Dance Order e anuncia atrações potentes para o espaço. Com 45 horas de apresentação e um enorme palco composto por 250m2 de leds, o local apresenta uma experiência inédita, diferente de tudo o que se conhece quando se fala em música de pista. O New Dance Order vai transitar pela cena cultural paulistana, trazendo a ebulição das festas independentes, que viram noites em fábricas e galpões abandonados da cidade, além de performances exclusivas e inéditas que misturam atrações nacionais e internacionais, artistas, bandas, instrumentistas e uma cenografia totalmente imersiva na maior pista de dança da Cidade da Música.

Claudio da Rocha Miranda Filho, Diretor Artístico do New Dance Order, destaca a importância da cena musical para a capital: “São Paulo é a cidade que mais pulsa a cultura da música eletrônica no continente, uma imensa fábrica de talentos quando o assunto é dance music. Para a estreia do The Town, mergulhamos de cabeça nos núcleos e artistas que representam o zeitgeist paulistano e apresentamos uma curadoria diversa de projetos e muitas formações inéditas de artistas e de movimentos que são os pilares desta cena musical. Vamos romper certos dogmas, sairemos do lugar-comum. O NDO continua recebendo fortes influências da música e da cultura eletrônica, é claro, mas além dos DJs, trouxemos muitas bandas, e shows com instrumentistas, vocais, visuais e performances integrando as experiências para a pista de dança – muitas delas criadas exclusivamente pro THE TOWN. As pessoas vão se surpreender!”

O mesmo palco que, em 2019 e 2022, contou no Rock in Rio a história da interação das Inteligências Artificiais e os humanos por meio de uma ficção que se passava em 2085 – 100 anos após o nascimento do Rock in Rio (1985) – chega no The Town fazendo uma provocação ao Multiverso, que admite a existência de universos paralelos, onde coabitam os mesmos atores e suas mesmas nuances emocionais. Na Cidade da Música, o conceito estará representado por dois universos, The Town e Rock in Rio, em simbiose no campo energético e nos propósitos, mas com desenhos artísticos distintos, cada um para sua realidade.

Durante os cinco dias do The Town, o palco receberá 30 shows, começando às 15h30 e terminando às 02h da manhã, que serão icônicos. Diferentemente do Rock in Rio, no The Town o New Dance Order passa a ter intervalos de 15 a 40 minutos entre as apresentações, fugindo do convencional “non stop” entre as atrações. Serão seis performances por dia, valorizando, assim, cada um dos shows que acontecerão no espaço.

Na curadoria, um dos grandes destaques são as festas da cena independente paulistana que encerrarão as apresentações do palco a cada dia. No dia 2 de setembro, é a vez da Batekoo, movimento periférico, – afrofuturista e LGBTQIA, que prega o respeito pelo ser humano em suas mais variadas distinções – trazer um timaço de DJs, composto por FreshprincedabahiaJujuzlKiara e Mirands, para um show que será épico.  No dia seguinte, 03, a Carlos Capslock – conhecida por desempenhar um importante papel no fomento de um movimento não somente musical, indo do Techno ao House, mas também cultural, social e político – faz uma apresentação com Belisa, Stroka e Tessuto. Encerrando o dia 07, a Gop Tun, que exalta o agito de São Paulo e seus contrastes, fará um show junto com a 28Room, com o músico e produtor Diogo Strausz e participação de Julia Mestre  – vocalista da banda Bala Desejo. Já no dia 09, a Mamba Negra – festa que surge para servir como uma plataforma de construção e experimentação de novas linguagens artísticas, estabelecendo-se também como uma importante ferramenta de luta e celebração – se apresenta com CashuPaulete Lindacelva e Valentina Luz. Para fechar a última noite do The Town, dia 10, a ODD, uma das maiores protagonistas da cena underground de São Paulo, fará um show imersivo com interações entre humanos e as Inteligencias Artificiais, com participações de DavisVermelho e Zopelar.

No local, o público vai se surpreender com encontros que serão memoráveis. Artistas de bagagem e expoentes da dance music se apresentarão juntos, com formações inéditas e exclusivas, unindo clássicos imortais e atemporais, com o futuro das pistas. Em um b2b inédito, Badsista se junta à alemã diva do techno, Ellen Alien. Já a lenda paulistana Gui Boratto faz show com o inglês Darren Emerson no chamado – ex-integrante do Underworld. Também terá um encontro épico de Deekapz com Vhoor em um som que promete muitas batidas eletrônicas periféricas. Em encontro único, as artistas BadsistaMalka Julieta e Vênus Garland trazem o projeto “Gueto Elegance” para o New Dance Order com uma performance inédita e dançante ao lado da irreverente Marina Lima. O DJ Klean, baiano que ficou conhecido internacionalmente por produzir o remix de “Rude Boy” que Rihanna tocou no Super Bowl, toca ao lado do DJ Klap. Em um set que mistura brasilidades, muita percussão, influências de jazz, funk e R&B, Carlos do Complexo se apresenta com RHR. Os ritmos ancestrais, sound healing de povos originários e rituais indígenas, serão destacados em performance única do b3b do Afterclapp x Xaxim x Shigara. O palco traz ainda o saudosismo do DJ da clássica dance music brasileira, DJ Mau Mau, em um b2b com a DJ Etcetera, em formação nunca antes vista, exclusiva para o festival.

Atrações estrangeiras icônicas que se apresentarão no New Dance Order farão da primeira edição do The Town ainda mais memorável. A dupla de irmãos que formam o Shermanology, promete encantar toda a plateia com o seu som único. Inner City Live volta ao Brasil depois de 30 anos em um show que será histórico e que contará com um bônus set do icônico Kevin Saunderson. Um dos shows mais enérgicos e performáticos da música eletrônica de Paul Kalkbrenner, traz seus sintetizadores, baterias eletrônicas e muitos hardwares para o festival. Vitalic, da França, é um multi-instrumentista que mistura electro, techno e house, bem como elementos de música clássica, rock, ítalo-disco e música eletrônica dos anos 70, resultando em um som potente, único e marcante. Kerri Chandler Live, dono de um repertório icônico, levará para a Cidade da Música um show repleto de uma house music cheia de alma, autêntica e positiva. Os ingleses do Crazy P Soundsystem marcarão presença no espaço com sua fusão única de disco underground, batidas eletrônicas profundas e momentos pop cintilantes. Diretamente de Nova York, a DJ e produtora Natasha Diggs chega no New Dance Order com show inédito com dois instrumentistas. Também presente no NDO, o Lion Babe é uma dupla americana de R&B da cidade de Nova York, composta pela cantora Jillian Hervey e pelo produtor musical Lucas Goodman. O duo de vocais impressionantes, Aerea, de Madrid, também aterrissa pela primeira vez no Brasil diretamente no The Town.

Assim como em todo o The Town, a arte também estará presente no New Dance Order. Um visual customizado pelos ícones do grafite, OSGEMEOS, servirá de cenário para um set que será memorável da dupla de irmãos artistas, uma experiência única. Os veteranos do Tropkillaz apresentam uma performance especial em homenagem a São Paulo, comemorando seus dez anos de carreira, também inédito e especialmente criado para o festival. O tema sustentabilidade e cuidados com o meio-ambiente será o foco da apresentação do flautista e produtor, L_cio. O duo do Noporn, que tem mais de 20 anos de carreira, vai colocar todo o público para dançar com seu som único, definido como spoken-word electronic dance music. Paradise Guerrilla, banda brasileira de música pop formada em São Paulo no ano de 2022 por Starlight, U.F.O. e Frankstation, também estará no line-up do palco. Já Renato Cohen, mundialmente conhecido com o lançamento da música Pontapé pelo selo Intec, de Carl Cox, vai agitar o público com um set memorável. Usando bases eletrônicas como ponto de partida para releitura de um dos ritmos mais tradicionais e dançantes da música brasileira, Geninho Nacanoa e Ramiro Galas, farão um show agitado com o Forró Red Light e o Baile Encarnado com Mestre Nico, Ella Voa e Furmiga Dub. A brasileira Kenya20hz vai explorar todas as possibilidades das baixas frequências por meio de conexões rítmicas imprevisíveis e agressivas com o Chaos Sonora. O New Dance Order também contará com performances de artistas e bailarinos, repletas de visuais e figurinos temáticos.

Confira a programação e o line-up completo do New Dance Order:

02 de setembro

BATEKOO aka FRESHPRINCEDABAHIA X JUJUZL X KIARA X MIRANDS

TROPKILLAZ – 10 ANOS

OSGEMEOS – UMA EXPERIÊNCIA

DEEKAPZ x VHOOR

KLEAN Vs KLAP

FORRO RED LIGHT E O BAILE ENCARNADO (com Mestre Nico, Ella Voa e Furmiga Dub)

 

03 de setembro

CARLOS CAPSLOCK SHOWCASE aka BELISA x STROKA x TESSUTO

ELLEN ALLIEN x BADSISTA

PAUL KALKBRENNER LIVE

VITALIC

NOPORN LIVE

CARLOS DO COMPLEXO vs RHR LIVE

07 de setembro

GOP TUN vs 28ROOM+ DIOGO STRAUSZ LIVE feat JULIA MESTRE

SHERMANOLOGY

KERRI CHANDLER LIVE

NATASHA DIGGS LIVE HORN

L_CIO PLANTS LIVE

AFTERCLAPP x SHIGARA x XAXIM

 

09 de setembro

MAMBA NEGRA SHOWCASE feat CASHU + PAULETE LINDACELVA + VALENTINA LUZ

BADSISTA, MALKA, VENUS aka GUETO ELEGANCE feat MARINA LIMA

INNER CITY LIVE bonus set KEVIN SAUNDERSON

RENATO COHEN LIVE

AEREA LIVE

KENYA20HZ apresenta CHAOS SONORA

 

10 de setembro

ODDJs aka DAVIS x VERMELHO x ZOPELAR

BORATTO & EMERSON LIVE

CRAZY P SOUNDSYSTEM

LION BABE

PARADISE GUERRILLA

DJ MAU MAU b2b ETCETERA

Sobre Queens Of The Stone Age

Queens of the Stone Age é uma banda de rock de Palm Desert, Califórnia, Estados Unidos. A banda desenvolveu um estilo de música pesado, orientada por riffs contagiantes criados pelo fundador e idealizador da banda, atual vocalista e guitarrista, Josh Homme. Desde então, o som do grupo evoluiu para incorporar uma variedade de estilos e influências diferentes.

No final dos anos 90 e início dos anos 2000, a banda conquistou uma legião de fãs e atraía cada vez mais admiradores pelo sucesso de seus dois primeiros discos, intitulados “Queens of the Stone Age” e “Rated R”. Já no terceiro CD “Songs For The Deaf”, o grupo recebeu muitos elogios da crítica e conquistou premiações e certificações importantes. Com uma tracklist com faixas que mesclaram bem as influências do chamado stoner rock com o clássico rock and roll, o disco conta com hits como “No One Knows” e “Go with the Flow”. O Queens of the Stone Age passou por muitas mudanças de formação desde que entrou pela primeira vez na cena do hard rock. Sua formação mais recente inclui: Josh Homme (guitarra, vocais), Troy Van Leeuwen (guitarra, lap steel, teclados, backing vocals), Jon Theodore (bateria, percussão), Michael Shuman (baixo, backing vocals) e Dean Fertita (teclados, guitarra, backing vocals).

 

Sobre Pitty

Com mais de 20 anos de carreira, Pitty é uma das grandes roqueiras do Brasil. Cantora, compositora, produtora e apresentadora, a inquieta e plural artista utiliza múltiplas plataformas para a produção e a divulgação de seu trabalho. Pitty começou no rock alternativo de Salvador e segue caminhando não só por sonoridades diversas como plataformas. Em 2003 lançou seu primeiro álbum solo, “Admirável Chip Novo”. O disco é um sucesso e tem a produção de Rafael Ramos – com quem trabalha hoje. São 5 discos, além de registros ao vivo e grandes parcerias com artistas como Elza Soares e Emicida. Seus hits inesquecíveis e atemporais, como “Me Adora”, “Equalize” e “Na Sua Estante” estão sempre presentes nos shows. As turnês são intensas e atraem público diverso em gênero e idade. Sucesso de bilheteria, as apresentações têm set list extenso e bem pensado. A longa e feliz parceria com o guitarrista Martin Mendonça rendeu o projeto “AGRIDOCE” (2011). Em 2019 lançou “Matriz”, que agrega essas andanças num rolê histórico de vida. O álbum também tem colaborações marcantes e afetivas de artistas da Bahia como Lazzo Matumbi, Larissa Luz e BaianaSystem. Pitty tem 10 álbuns lançados, sendo que cinco de sua carreira solo e cinco em bandas e projetos com outros artistas, como o lançado no ano passado, “Pittynando”, de 2022, em dueto com Nando Reis. Indicada 4 vezes ao Grammy Latino, Pitty já levou 7 Prêmios Multishow de Música Brasileira e é a maior vencedora de VMBs na história da MTV Brasil. Engajada em causas feministas e LGBTQI+, a cantora já se apresentou e foi premiada 3 vezes no WME – Women’s Music Awards.

 

Venda oficial de ingressos para o The Town acontece no dia 18 de abril, às 19h, apenas pelo site da Ticketmaster

Os fãs do The Town estão a poucos dias de garantir seu lugar e entrar para a história. Após uma venda avassaladora do The Town Card, o público terá uma nova chance de adquirir um ingresso para a Cidade da Música e viver experiências mágicas durante os cinco dias de festival. No dia 18 de abrila partir das 19 horas, começa a venda oficial de ingressos do The Town, apenas pelo site da Ticketmaster.

O ingresso custa R$ 815 a inteira e R$ 407,50 a meia-entrada e não há cobrança de taxas adicionais. Pode ser efetuada a compra de até 04 (quatro) ingressos por dia de festival por CPF, sendo no máximo 01 meia-entrada por dia, por CPF. Os clientes que adquirirem meia-entrada terão que inserir no próprio site todas as informações referentes ao documento que comprove tal condição, para posterior validação, assim como será necessário apresentá-lo no acesso à Cidade da Música, no dia do evento. O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito ou PIX. Para pagamento com cartão de crédito, o valor poderá ser parcelado em até 6 (seis) vezes sem juros. Já os clientes que efetuarem o pagamento com cartões de crédito Itaú, Credicard ou Iti poderão parcelar a compra em até 8 (oito) vezes sem juros.

Quem adquiriu o The Town Card também já pode escolher a data que deseja ir para o festival. Todos que compraram o ingresso terão até o dia 17 de abril para escolher o dia. Após esse período o direito à escolha fica condicionado à disponibilidade de ingressos referente a data que a pessoa deseja ir. O processo é feito no site da Ticketmaster, na seção “Meus Pedidos”. Ao clicar na compra do Card, o usuário já verá as datas para selecionar. Aqueles que possuem mais de um The Town Card deverão realizar a escolha do dia para cada um deles separadamente.

The Town já nasce gigante

Dos mesmos criadores do Rock in Rio, The Town estreia na grande metrópole no dia 2 de setembro de 2023, e segue durante os dias 2, 3, 7, 9 e 10, no Autódromo de Interlagos, em uma área de 350 mil m2, que será totalmente renovada. O novo festival já se posiciona como um evento de grande relevância, não apenas para a capital paulista, como também para todo o Brasil e já soma mais de 490 mil seguidores em suas redes sociais, lançadas há poucos meses.

O festival confirmou uma parceria inédita com o Grupo CCR, que garante que os trens que dão acesso ao Autódromo de Interlagos funcionem 24h nos dias de festival. “A experiência do público vai muito além do que ele vive dentro da Cidade do Rock e, agora, dentro da Cidade da Música. Nós nos preocupamos com essa experiência o tempo todo e isso inclui, entre muitos outros detalhes a serem cuidados, quando, no dia do festival, o fã sai de casa em direção à venue. Já endereçamos essa preocupação desde o começo, quando agendamos The Town para acontecer no final de semana ou feriado, de modo a impactar menos o trânsito da cidade. Anunciamos essa parceria inédita que vai permitir que os fãs possam chegar e sair do festival com maior tranquilidade, sabendo que poderão contar com o transporte público do trem durante 24h”, afirma Roberta Medina, vice-presidente Executiva do The Town e Rock in Rio.

Com previsão para receber cerca de 500 mil pessoas em mais de 235 horas de música, a Cidade da Música contará com seis palcos, onde o público poderá imergir em novas e inesquecíveis experiências. Com cenografia inspirada em ícones da arquitetura paulistana e apresentando uma diversidade única de ritmo e união de tribos, The Town chega a São Paulo com apoio, força e empoderamento de gente grande. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, está previsto um impacto econômico de R$1.7 bilhão, o maior já visto na capital, além de gerar mais de 19 mil empregos diretos.

Uma Cidade que não dorme: The Town oferece entretenimento para todos   

Com Post Malone, Maroon 5, Foo Fighters, Bruno Mars, Bebe Rexha, Alok, Ludmilla, Garbage, H.E.R., Kim Petras, Iza, Racionais & Orquestra Sinfônica Heliópolis, Criolo, Orochi, Luísa Sonza, NE-YO, Angélique Kidjo, Maria Rita, Wet Leg, Jão, Ney Matogrosso, entre outros já confirmados no line-up, a nova Cidade da Música contará com espaços onde o público poderá usufruir da representação de elementos e locais emblemáticos da cidade.

O palco Skyline é inspirado nos grandes prédios da cidade paulista e é nele que artistas do mundo inteiro irão compor as quatro atrações do dia. O palco The One, será onde a música vai além da música. Com grandes artistas e uma cenografia de tirar o fôlego, inspirada nos museus de arte de São Paulo, os mais de 30 telões de LED que compõe o palco se transformarão em uma verdadeira experiência imersiva, prometendo um show à parte e entregando uma incrível experiência para o público. O palco também vai promover grandes encontros, dar luz a artistas de renome e provocar debates e reflexões.

Do Rio para São Paulo, o New Dance Order estará dedicado à música de pista, passando pelos gêneros house, techno, trance, bass e trap. Tão especial quanto os outros palcos, The Town também conta com a São Paulo Square, espaço inspirado na região em que a cidade foi fundada. Ali se reunirão alguns dos seus principais ícones históricos, como a Catedral da Sé, Estação da Luz, Teatro Municipal, entre outros.

O festival também traz também os antigos galpões das fábricas para o palco Factory. O espaço terá o mood da cultura urbana com performances de street dance e shows de trap, hip hop e rap. Também não poderia faltar um espaço gastronômico que traz toda a diversidade da culinária paulista — o Market Square e, para completar a experiência, o festival abrigará também a Área VIP, espaço climatizado com buffet assinado por renomado chef e bar exclusivo.

Como num túnel do tempo, um dos locais mais encantadores e concorridos para cliques, selfies e totalmente “instagramável” do irmão carioca do The Town, o Rock in Rio, desembarcará diretamente na Cidade da Música – a Rota 85. O espaço é dedicado ao ano que o Rock in Rio ganhou vida, 1985, e colocou o Brasil na rota dos shows internacionais, e estará em total sinergia com o The Town, que realiza sua primeira edição este ano.

 

Sobre a Rock World

A Rock World é a empresa criadora de experiências que nasceu do maior festival de música e entretenimento do mundo, o Rock in Rio. Com a missão de proporcionar experiências inesquecíveis através da música e do entretenimento, a marca tem como base de sua cultura corporativa a arte de sonhar, de fazer acontecer e inspirar as pessoas através da filosofia de construir um mundo melhor.

Hoje, além do Rock in Rio, a Rock World expandiu sua área de atuação para outros projetos de produção de experiências que abrangem diferentes áreas. No Live Entertaiment, a marca possui o The Town, o novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo, que acontecerá no Autódromo de Interlagos, em setembro de 2023.  A partir de 2024 a Rock World assume, em parceria com a C3, a produção e operação do Lollapalooza no Brasil.

Na área de Conteúdo, o Rock in Rio Studios é o produto que reforça o DNA da companhia para a criação de conteúdos audiovisuais originais e o posicionamento no mercado como uma marca ainda mais poderosa e potente de comunicação. A Rock World também atua na produção de espetáculos originais, os Originals. O primeiro deles foi desenvolvido em 2022 para o Rock in Rio, o Uirapuru, e para 2023 lança o The Town O Musical.

E para  a área de Educação, o Humanorama e o Rock in Rio Academy buscam ativar a potência das pessoas para contribuir na construção de um mundo melhor. Ao ampliar sua atuação para tantos campos e diferentes negócios, a Rock World é hoje uma das maiores empresas de criação e produção de conteúdo proprietário de Live Experience no mundo.

Share the Post:

Related Posts