Review: Confira o que rolou na Time Warp Brasil 2022

Após uma longa espera devido a pandemia, finalmente tivemos a nossa edição do festival alemão de techno e house Time Warp 2022 que rolou nos últimos dias 7 e 8 de maio no Sambódromo do Anhembi e que estava sold out desde o ano passado reuniu 16 mil pessoas por dia, enchendo as duas pistas com as melhores energias possíveis.

LOCALIZAÇÃO E ESTRUTURA

A edição de 2022 aconteceu assim como nos anos anteriores no Sambódromo do Anhembi porém houveram algumas mudanças dos locais de montagem de palco e praça de alimentação que fizeram toda a diferença. O Palco Outdoor esse ano foi montado em uma outra área onde comportava mais pessoas e a praça de alimentação e área de descanso tambem foram expandidos trazendo uma melhor experiência para o público quando queria fazer um “pause” na curtição, tendo a seu dispor puffs e redes, além de uma praça de alimentção completa com food trucks para todos os gostos, incluindo opções para veganos.

Créditos: thiagoxavier

O clássico Palco Cave se manteve no mesmo local das edições anteriores com alguma alterações na localização dos bares e banheiros, ponto positivo para a utilização dos sanitários que estava muito melhor comparado aos anos anteriores sem muitas filas. Os bares ainda tiveram alguns pontos de fila, principalmente durante a manhã, aparentemente devido ao numero de atendentes reduzido.

Créditos: @jorgealexandre

LINEUP E APRESENTAÇÕES

A Time Warp como sempre traz um lineup de peso de techno e house em suas edições e esse ano não foi diferente, na sexta feira o Palco Cave foi invadido pelas lendas Marcel Dettmann, Charlotte de Witte, Nina Kraviz, Kobosil e os representantes brasileiros DUE, BLANCAh e Victor Ruiz, infelizmente Ben Klock teve que cancelar sua apresentação no festival por motivos de saúde e Dettmann assumiu a pista sozinho. Destaque para o set da belga Charlotte que trouxe uma vibe incrível a pista e pode ser considerada uma das melhores da noite. Ainda na sexta o Palco Outdoor foi invadido pelos nomes do house como Palms Trax, Four Tet e Ben Ufo.

No sábado tivemos uma das apresentações mais esperadas do final de semana, o alemão Monolink que traz uma apresentação mesclando o uso de guitarra, teclado e seus vocais trouxeram ao publico uma experiência única e incrível. No Palco Cave tivemos mais lendas do mundo da música com apresentações de Maceo Plex, Sven Väth e Reinier Zonneveld que encerrou as apresentações do dia com um set animado que manteve a pista até o final.

Créditos: @fernando_sigma

RESUMO

O festival alemão não decepcionou em 2022 e fez valer a espera, com um lineup de primeira linha, melhorias na estrutura e organização podemos ver uma melhora nda sua edição comparada a 2019, porém ainda deixamos como ponto negativos as filas do bar na parte da manhã que de certa forma atrapalhou um pouco a experiência de quem estava cansado e só precisava comprar uma água. Porém isso acontece em todos os festivais e deixamos esse ponto somente como uma melhoria para a edição de 2023 que já tem data marcada para os próximos dias 05 e 06 de maio no próximo ano. nos vemos lá Time Warp!

 

Similar Articles

Instagram

Advertisment

Most Popular