Pesquisar
Close this search box.

Review – DGTL São Paulo 2023

Festival promoveu mais uma vez um evento único com sustentabilidade e curadoria.

DGTL voltou a SP no último dia 18 que mesmo com chuva trouxe mais uma vez uma experiência única no Complexo Canindé, com a BE On Entertainment no comando, com três palcos e suas tendas nem a chuva conseguiu diminuir o ritmo desse festival que cada vez mais se estabelece com sua edição anual na cidade.

Palcos e apresentações

Com seus três palcos sendo o Generator, Modular e Boiler Room o festival trouxe o conceito dos palcos utilizados na edição holandesa de 2023, sendo o Generator o palco que estava mais movimentado durante todo o festival.

Boiler Room foi o novo palco do festival que trouxe um lineup de primeira que incluiu Giu Nunez, Martha Pinel, Milton Chuquer, a estrela Moodymann, Sadar Bahar, Paulete Lindacelva, Renato Cohen trazendo um set clássico de suas apresentções , Mystery Affair e a lenda DJ Marky.

O Palco Modular, trazemos o destaque da apresentação live de BLANCAh com um set voltado para o melódico e também o set do mais aguardado da noite Stephan Bodzin que fez sua apresentação ao amanhecer trazer ao público uma energia e vibe única.

Sustentabilidade

O Festival holandês sempre usa como pilar a sustentabilidade, sendo assim trouxe uma equipe focada no gerenciamento de resíduos para descarte consciente de material reciclável.

Também destacamos que o festival forneceu ao público agua de graça na entrada e saída do festival e também nos pontos de hidratação, além também de distribuição de água para quem estava perto da grade no front.

Resumo DGTL SP 2023

Mais um ano que a DGTL traz um festival de ponta se reinventando a cada ano, com vertentes do techno bem definidas em cada palco, ações de sustentabilidade, palcos seguindo a raiz do festival da holanda, a DGTL vai se situando como um festival anual para deixar marcado em sua agenda com um line-up de ponta que já faz o público se preparar para o que vem em 2024.

Share the Post:

Related Posts