Pesquisar
Close this search box.

The Town 2023 apresenta palco Factory

The Town, o maior festival de música, cultura e arte de São Paulo, dos mesmos criadores do Rock in Rio, vai levar para a Cidade da Música, em São Paulo, o Factory. A área, com uma cenografia inspirada nos antigos galpões das fábricas da zona industrial de São Paulo, virá apresentada como uma rua e terá como destaque um grande palco. No total, 500 mil visitantes passarão por este espaço e poderão fazer uma reflexão sobre cultura urbana enquanto manifestação e como esta impacta cada um diariamente, seja nos guetos, viadutos, muros, edifícios, pontes e ruas da cidade. Foi com esta visão que na tarde desta terça-feira, em uma coletiva em São Paulo, no edifício histórico Central 1926, localizado no centro de São Paulo, a organização do festival apresentou parte do line up e a cenografia do espaço. Entre os nomes que se apresentarão estão: Afrocidade, Caio Luccas, Grag Queen, Mc Don Juan, Mc Dricka, TETO, Tasha & Tracie e Urias. Além de artistas, participaram deste encontro o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes; a head de Marketing da Riachuelo, Thais Castro; Eduardo Picarelli, diretor da Business Unit da Heineken® no Brasil; Luis Justo, CEO da Rock World, empresa responsável pelo The Town e Rock in Rio; Roberta Medina, Chief Brand Reputation Officer (CBRO) da Rock World, Zé Ricardo, Chief Artistic Officer (CAO), e outros executivos do grupo.

“Cada palco do The Town é uma referência e, ao mesmo tempo, uma homenagem à essa multiplicidade cultural de São Paulo. O Factory traz a potência da música urbana de uma das maiores metrópoles do mundo, apresentada com suas diversas manifestações artísticas da música, arte e dança”, garante Roberta Medina, CBRO da Rock World.

No Factory, muita música e intervenções artísticas — como performances de dança, a partir do street dance; pinturas; grafites; esculturas; estátuas vivas; e outras manifestações que nasceram e ocorrem em ambientes públicos e que interagem diretamente com os indivíduos —, experiências, um palco de música, que nasce a partir de um olhar diverso que reforça expressões musicais como o rap, o trap, o hip hop, o R&B, os beats afro, o funk, o samba, o soul e muitos outros estilos que nasceram nas ruas e se consagraram pelo mundo.

“A arte das ruas fala cada vez mais alto na nossa sociedade. As ruas vêm tornando a arte acessível para todos, ‘desemoldurando’ conceitos e gerando consciência nas pessoas sobre o que elas veem e escutam diariamente. Isso desmistifica a necessidade de estar num museu para consumir arte. Virar uma esquina e dar de cara com um painel do Kobra ou dos Gêmeos, por exemplo, é um sinônimo, sim, da arte encontrando a vida”, conta Zé Ricardo, Chief Artistic Officer (CAO) da Rock World, empresa responsável pelos festivais The Town e Rock in Rio.

Para a organização do festival, o Factory é uma rua para ver, viver e sentir a música, com um olhar ampliado a partir de tudo o que a cultura urbana traz em sua essência. “Teremos artistas incríveis que se apresentarão no nosso palco e diversos artistas, como bailarinos, grafiteiros e atores que ocuparão esta rua durante todo o dia reforçando a arte de forma subliminar e revelando sentimentos existentes em cada um ao desmistificar um conceito de que para se deparar com a arte é preciso estar em um local destinado a ela. E é exatamente isso que queremos. A ideia é que todos possam sentir a arte existente nas ruas olhando para qualquer direção”, finaliza o CAO.

“Estamos juntos há 11 anos, Rock in Rio e Heineken. No ano passado conquistamos a posição de maior operadora de chopp do mundo no maior festival de música e entretenimento do mundo. Agora chegamos no The Town. E vem muita coisa boa por aí, podem aguardar. Vamos trazer para São Paulo um trabalho muito genuíno que desenvolvemos com este grupo com olhar para a sustentabilidade. Vamos plantar esta semente aqui e tenho certeza de que ela renderá muitos frutos incríveis”, disse Eduardo Picarelli, diretor da Business Unit da Heineken® no Brasil.

“Estar no The Town simboliza tudo o que acreditamos. Estamos falando sobre criar conexões genuínas com as pessoas e fazê-las ter experiências inesquecíveis. E é por isso que decidimos fazer parte dessa primeira edição. Moda e música têm mais pontos em comum do que a gente imagina, e o The Town vai materializar isso de uma forma única, intensa e memorável”, comemora Thais Castro, head de Marketing da Riachuelo.

Organização confirma parte do line-up do Factory

O grupo Afrocidade, criado em Camaçari, na Bahia, é conhecido por reverberar influências da África atual e outras Áfricas possíveis, desconstruindo a visão norte-americana de fazer música. Em seu repertório, músicas autorais e hits, como “Que Swing é Esse”, “Baby Te Liguei” e “304”. Conhecido como o Rei da Baixada, Caio Luccas é um rapper carioca que participou do projeto Poesia Acústica 12, um dos maiores projetos musicais do país, e autor de hits como “Vizão de Cria 2”, “Good Vibe”, “Vitória Dobrada” e “Até o Final”. Grag Queen, vencedora da primeira temporada do reality show norte-americano “Queen of the Universe”, lançou cinco novas canções no ano passado e também lançou a colaboração “Que Sí Que No”, com o mexicano Christian Chávez.

Outro artista confirmado é Mc Don Juan, que é um absoluto sucesso nas redes sociais, com mais de 10 milhões de seguidores no Instagram, 2 milhões no TikTok, além de estar entre os Top 10 Spotify Brasil, com mais de 2 bilhões de streams e 8,5 milhões de ouvintes mensais. Em 2021, lançou o DVD “Mc Don Juan Summer”, reunindo vários sons de sucesso e participações especiais. Os destaques ficam para as faixas “Passar de foguetão 2” e “Não vou te bloquear”. A estreante Mc Dricka é uma jovem cantora de São Paulo que, com uma carreira rápida, sólida e um currículo gigante, explodiu no funk e, com apenas 22 anos, já ultrapassou a marca de mais de 300 milhões de acessos no YouTube e conta com 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify.

O trapper baiano TETO, confirmado para se apresentar no Factory, também é gigante nas redes sociais, com quase 5 milhões de seguidores no Instagram, além de mais de 6 milhões de ouvintes mensais no Spotify. O artista estreou no Rock in Rio 2022 como uma das atrações do Supernova e é um dos nomes que têm tornado o trap, gênero musical derivado do hip hop, um dos mais executados no país e no mundo. Confirmado para o Factory, TETO é conhecido pelo público brasileiro como “o rei das prévias” e se tornou uma das grandes revelações do gênero em 2020.

As irmãs gêmeas e rappers paulistanas, Tasha e Tracie, encerram a lista das atrações confirmadas no dia de hoje. Revelação do trap nacional e com mais de 19 milhões de visualizações no YouTube, a dupla vem deixando sua marca na cena musical, além de serem responsáveis pela criação do movimento “Expensive Shit” – nome homônimo ao blog que mantinham – que visava a valorização da autoestima e da autonomia dos jovens negros, que vivem nas periferias, por meio de conhecimento, arte, moda e informação. Hoje, Tasha e Tracie buscam inserir seu trabalho como diretoras de arte e estilistas em seus projetos musicais. A cantora e modelo, Urias, é uma artista em plena ascensão. Com sonoridade única, a artista promete encantar os fãs do The Town com as interpretações de suas músicas mais famosas, como “Peligrosa”, “Foi Mal”, “Tanto Faz” e “Neo Thang”.

Durante coletiva, ilustração da nova Cidade da Música é apresentada

Ainda nesta tarde, foi apresentada em primeira mão a ilustração oficial da nova Cidade da Música, um mapa lúdico que mostra como será The Town, além dos 3Ds de cada um dos palcos: Skyline, The One, São Paulo Square, Factory e New Dance Order e os brinquedos Roda Gigante, Montanha Russa, MegaDrop, Tirolesa e Discovery. A Rota 85, uma das ruas mais charmosas e nostálgicas do Rock in Rio, também estará presente no novo festival, relembrando a história do Rock in Rio até a chegada ao The Town  — com ela, a nova Cidade da Música contará com seis palcos.

“Iremos transformar o Autódromo de Interlagos na nova Cidade da Música durante os dois finais de semana de festival, entregando aos fãs um parque temático de experiências, que homenageia e se inspira em São Paulo. E é com a expertise conquistada a cada edição com o Rock in Rio, que já produziu eventos em três continentes — inclusive em Las Vegas (EUA), a capital mundial do entretenimento, além de Lisboa (PT), Madrid (ES) e Rio de Janeiro — que podemos entregar um projeto de infraestrutura pensado para oferecer segurança, qualidade e sofisticação, transformando o local em uma venue de excelência para receber grandes eventos e festivais, incluindo o The Town”, finaliza Luis Justo, CEO da Rock World.

“A cidade de São Paulo é este grande polo de eventos. O The Town sem dúvida nenhuma será o maior deles, com toda a movimentação econômica de R$ 1.7 bi estimados para a cidade e mais de 19 mil empregos. Sem falar no amor que Rock in Rio e The Town trazem para cá, um alto astral que é fantástico. Será realmente inovador ter o The Town conosco”, diz o Prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes.

Venda de The Town Card acontece no dia 14 de março e será uma operação em parceria com a Ticketmaster Brasil

O dia 14 de março de 2023 será diferente para o público que está aguardando ansiosamente pelo maior festival de música, cultura e arte que São Paulo já viu. Nesta data, a partir das 19 horas, começa a venda do The Town Card, que equivale a um ingresso de gramado, sem data, válido para um dia do evento.

Com o The Town Card, o fã já garante a sua presença no festival antes mesmo da confirmação de todas as bandas e atrações. A escolha do dia de evento a que o fã pretende ir deverá ser feita até 24 horas antes da venda oficial de ingressos. Após essa data, que ainda será divulgada, a escolha ficará condicionada à disponibilidade de ingressos.

O festival também vem com novidades na venda dos ingressos. Numa parceria inédita, os ingressos serão vendidos exclusivamente online através da Ticketmaster Brasil (thetown.ticketmaster.com.br), e a organização convida os fãs a já se cadastrarem na nova plataforma para facilitar a compra do The Town Card no dia 14 de março.

O The Town Card custa R$ 770,00 a inteira e R$ 385,00 a meia-entrada e não há cobrança de taxa de conveniência. Por ter um estoque limitado, o limite de compra é de até 4 (quatro) ingressos por CPF, sendo no máximo uma meia-entrada. Os clientes que adquirirem meia-entrada terão que inserir no próprio site todas as informações referentes ao documento que comprove tal condição, para posterior validação, assim como será necessário apresentá-lo no acesso à Cidade da Música, no dia do evento. O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito ou PIX. Para pagamento com cartão de crédito, o valor poderá ser parcelado em até 6 (seis) vezes sem juros. Já os clientes que efetuarem o pagamento com cartões de crédito Itaú, Credicard ou Iti poderão parcelar a compra em até 8 (oito) vezes sem juros.

Para pagamento com PIX, basta utilizar o QR Code apresentado na tela final do processo de compra e realizar o pagamento. O prazo para efetuar a compra será de 10 minutos após a geração do código QR. É importante lembrar que, por determinação do Banco Central, há um limite de valor para pagamentos realizados por PIX entre os horários de 20h e 06h.

Para quem quiser comprar, é preciso se planejar, já que durante o Rock in Rio milhares de pessoas manifestaram interesse e reservaram o direito de serem os primeiros a adquirir seus ingressos para The Town. O The Town Card é uma edição limitada e está sujeito à disponibilidade.

The Town já nasce gigante

Dos mesmos criadores do Rock in Rio, The Town estreia na grande metrópole no dia 2 de setembro de 2023, e segue durante os dias 3, 7, 9 e 10, no Autódromo de Interlagos, em uma área de 350 mil m2, que será totalmente renovada. O novo festival já se posiciona como um evento de grande relevância, não apenas para a capital paulista, como também para todo o Brasil e já soma mais de 300 mil seguidores em suas redes sociais, lançadas há poucos meses.

O festival confirmou uma parceria inédita com o Grupo CCR, que garante que os trens que dão acesso ao Autódromo de Interlagos funcionem 24h nos dias de festival. “A experiência do público vai muito além do que ele vive dentro da Cidade do Rock e, agora, dentro da Cidade da Música. Nós nos preocupamos com essa experiência o tempo todo e isso inclui, entre muitos outros detalhes a serem cuidados, quando, no dia do festival, o fã sai de casa em direção à venue. Já endereçamos essa preocupação desde o começo, quando agendamos The Town para acontecer no final de semana ou feriado, de modo a impactar menos o trânsito da cidade. Anunciamos essa parceria inédita que vai permitir que os fãs possam chegar e sair do festival com maior tranquilidade, sabendo que poderão contar com o transporte público do trem durante 24h”, afirma Roberta Medina, CBRO da Rock World.

A primeira edição do novo megaevento já ganhou duas músicas-tema, gravadas nas vozes de Iza e Criolo. A primeira, considerada o grande hino do evento, tem interpretação de Iza, com a participação do baterista da banda Sepultura, Eloy Casagrande, e de uma orquestra comandada pelo maestro Eduardo Souto Neto. Já a segunda, um trap em homenagem à arte e cultura da capital, foi gravada pelo rapper Criolo em uma colaboração inédita com Iza e o diretor artístico Zé Ricardo. Ambos os cantores estão confirmados no line-up do festival.

Com previsão para receber cerca de 500 mil pessoas em mais de 235 horas de música, a Cidade da Música contará com seis palcos, onde o público poderá imergir em novas e inesquecíveis experiências. Com cenografia inspirada em ícones da arquitetura paulistana e apresentando uma diversidade única de ritmo e união de tribos, The Town chega a São Paulo com apoio, força e empoderamento de gente grande. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, está previsto um impacto econômico de R$1.7 bilhão, o maior já visto na capital, além de gerar mais de 19 mil empregos diretos.

Uma Cidade que não dorme: The Town oferece entretenimento para todos   

Com Bruno Mars, Post Malone, Foo Fighters, Maroon 5, Racionais MC’s & Orquestra Sinfônica de Heliópolis, Ludmilla, Jão, Iza e Criolo já confirmados no line-up, a nova Cidade da Música contará com espaços onde o público poderá usufruir da representação de elementos e locais emblemáticos da cidade. O palco Skyline é inspirado nos grandes prédios da cidade paulista e é nele que artistas do mundo inteiro irão compor as quatro atrações do dia. O palco The One, será onde a música vai além da música. Com grandes artistas e uma cenografia de tirar o fôlego, inspirada nos museus de arte de São Paulo, os mais de 30 telões de LED que compõe o palco se transformarão em uma verdadeira experiência imersiva, prometendo um show à parte e entregando uma incrível experiência para o público. O palco também vai promover grandes encontros, dar luz a artistas de renome e provocar debates e reflexões.

Do Rio para São Paulo, o New Dance Order estará dedicado à música de pista, passando pelos gêneros house, techno, trance, bass e trap. Tão especial quanto os outros palcos, The Town também conta com a São Paulo Square, que virá inspirada na região em que a cidade de São Paulo foi fundada, em prédios históricos com arquiteturas icônicas de São Paulo.

O festival também traz também os antigos galpões das fábricas para o palco Factory. O espaço terá o mood da cultura urbana com performances de street dance e shows de trap, hip hop e rap. Também não poderia faltar um espaço gastronômico que traz toda a diversidade da culinária paulista — o Market Square e, para completar a experiência, o festival abrigará também a Área VIP, espaço climatizado com buffet assinado por renomado chef e bar exclusivo.

Sobre a Rock World 

A Rock World é a empresa criadora de experiências que nasceu do maior festival de música e entretenimento do mundo, o Rock in Rio. Com a missão de proporcionar experiências inesquecíveis através da música e do entretenimento, a marca tem como base de sua cultura corporativa a arte de sonhar, de fazer acontecer e inspirar as pessoas através da filosofia de construir um mundo melhor.

Hoje, além do Rock in Rio, a Rock World expandiu sua área de atuação para outros projetos de produção de experiências que abrangem diferentes áreas. No Live Entertaiment, a marca possui o The Town, o novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo, que acontecerá no Autódromo de Interlagos, em setembro de 2023. Na área de Conteúdo, o Rock in Rio Studios é o produto que reforça o DNA da companhia para a criação de conteúdos audiovisuais originais e o posicionamento no mercado como uma marca ainda mais poderosa e potente de comunicação. Na área de projetos de Educação, o Humanorama e o Rock in Rio Academy buscam ativar a potência das pessoas para contribuir na construção de um mundo melhor. Ao ampliar sua atuação para tantos campos e diferentes negócios, a Rock World é hoje uma das maiores empresas de criação e produção de conteúdo proprietário de Live Experience no mundo.

Share the Post:

Related Posts