Pesquisar
Close this search box.

D-Edge chega ao RJ com Charlotte de Witte

Localizado no Porto Maravilha, Centro Cultural D-Edge Rio mescla música, arte, educação, moda e design

Um dos mais importantes clubes do Brasil e do mundo está prestes a ganhar uma filial na Cidade Maravilhosa. O Centro Cultural D-Edge (CCD) abre suas portas no Rio de Janeiro no dia 11/11, a partir das 23h, sob o comando da DJ e produtora belga Charlotte de Witte — estrela internacional do techno e dona da gravadora KNTXT.

Idealizado pelo DJ, produtor e empresário da economia criativa Renato Ratier (fundador e dono da marca D-Edge), não é a primeira vez que o empresário traz a belga ao Brasil. A estreia da produtora em solo brasileiro rolou em 2017 da D.SIDE, festa idealizada por Renato que trouxe ainda Dubfire e Pan-Pot.

Nome de sucesso mundial, Charlotte de Witte se consolidou como uma das artistas mais importantes do techno. A DJ iniciou sua carreira em 2010 com o pseudônimo Raving George, em 2015 mudou sua sonoridade e revelou a Charlotte que conhecemos hoje: uma das maiores potências da cena eletrônica global.

No Rio, a produtora leva sua experiência musical para a Pista 1 do club, onde também se apresentam Acid Asian, Etérica e Morgana. A Pista 2 — com curadoria dos núcleos locais, 220v & Inception — fica por conta de Alucas do Trópico Sul, Day9, Icehead e Limbo.

Para além de um espaço musical, o CCD no Porto Maravilha (operação urbana na região portuária da capital) será um verdadeiro complexo cultural. O prédio histórico, com vista pra Baía de Guanabara e Museu do Amanhã, abrigará música, arte, moda, design e gastronomia em seis andares — onde terá galeria de arte, mezanino, restaurante, cafeteria e duas pistas, além do rooftop com música também.

Com uma área construída de 2500m², o projeto incorpora mais de 2000 metros de fitas de LED, que entregará ainda a combinação de design inovador com tecnologia de ponta para criar uma experiência visual única ao público.

Seguindo a premissa já abordada pela equipe em São Paulo, no Rio as noites no club também contarão com programação semanal, explorando de forma dinâmica e democrática diferentes estilos musicais.

Serviço

D-Edge Rio Opening with Charlotte de Witte

Local: Centro Cultural D-Edge Rio – Av. Rodrigues Alves, 293 – Saúde, Rio de Janeiro – RJ, 20220-360

Data: 11/11 (sábado)

Horário: A partir das 23h

Atrações: Charlotte de Witte, Acid Asian, Etérica e Morgana (Pista 1); Alucas do Trópico Sul, Day9, Icehead e Limbo (Pista 2)

Ingressos: A partir de R$ 200,00 via Blue Ticket

Sobre o D-Edge

O icônico D-EDGE é reconhecido mundialmente por seu conceito inovador e qualidade na experiência musical e visual. O premiado e sofisticado design do club alcançou um equilíbrio perfeito entre som, luz e ambiente. Cada detalhe é cuidadosamente pensado para intensificar a experiência sensorial do público.

O D-EDGE desbravou a região industrial da Barra Funda, em São Paulo, quando abriu suas portas na Rua Olga, em 2003, e desde então foi responsável pela transformação da região em um pólo de importantes clubes da cidade. O D.EDGE é dos clubes dos quais as histórias confundem-se com o advento da música eletrônica no país, com o movimento que retirou o estilo dos guetos e do meio underground e o levou ao mainstream.

Sobre Renato Ratier

Com mais de 28 anos de legado, Renato Ratier é uma figura central no desenvolvimento da cena de clubes no Brasil. Admirado por sua busca incessante por qualidade e profissionalismo, o DJ, produtor e empresário é mais conhecido por ser o criador do D-Edge — um  dos  clubes  mais  importantes  na história  da  música  eletrônica  global — e do  Surreal Park, superclub  em  Santa  Catarina.

Instagram @dedgeclubrio.

Share the Post:

Related Posts